Conecte-se

#Helena Corezomaé

Helena Corezomaé e a coragem de abrir portas

Como o jornalismo pode ser usado para ocupar novos espaços; a história da jornalista que representa o povo Umutina-Balatiponé na TV mato-grossense

Rodrigo Alves, da Rádio Guarda-Chuva
#Helena Corezomaé25 de jul. de 231 min de leitura
Rodrigo Alves, da Rádio Guarda-Chuva25 de jul. de 231 min de leitura

Um perfil da jornalista Helena Corezomaé, indígena do povo Umutina-Balatiponé de Mato Grosso. Do ativismo na universidade ao trabalho como editora na TV afiliada da Globo em Cuiabá, a valentia de ocupar espaços no jornalismo.

O podcast é mantido exclusivamente pelos ouvintes: apoie em Orelo, Catarse ou PicPay. Ou doações pontuais pelo PIX: [email protected]

Transcrição completa e íntegra do roteiro: https://app.orelo.cc/pNoF

Apresentação, entrevista, roteiro e edição: Rodrigo Alves.

Trilha sonora original: Gabriel Falcão.

Gravação da entrevista: ESPM-SP, durante o Congresso da Abraji.

Twitter e Instagram: @vida_jornalista

E-mail: [email protected]

Logo do podcast: Mauricio Henriques ([email protected])

#Helena Corezomaé
globo mato grosso
jornalismo
Helena Corezomaé Globo
indígena
jornalismo indígena
Rodrigo Alves
Vida de Jornalista
Rádio Guarda-Chuva